Archive for the ‘Hitec’ Category

IPhone

Dezembro 27, 2009

É o primeiro directo do iPhone… Uma espécie de ficar sem os 3 nestas coisas!

Anúncios

Das coisas boas

Dezembro 22, 2009

Por esta altura, há uns quatro anos atrás, este que vos escreve passou a ter em mãos uma das mais belas máquinas que a indústria informática concebeu até hoje.

Esta bela máquina já me ajudou a ultrapassar algumas etapas difíceis da vida e passou com clara distinção na ajuda que me deu a escrever e organizar o trabalho da minha tese de mestrado. Claro que também ajudou a escrever alguns posts desta chafarrica e outras coisas mais comezinhas, mas o que interessa para aqui é que é uma bela máquina.

Ora um belo dia de festa caseira (penso que foi no aniversário do puto maravilha Bilhas, The Kid) enquanto mostrava umas fotos à família, o sacana do computador deu-lhe para ter uma crise de fígado e envergonhar-me em frente a uma multidão de familiares e amigos que se fartam de me ouvir falar dos requintes da maçã. Uma risca de cima abaixo no ecrã, seguida de uma segunda e mais tarde de uma terceira avisavam para um problema sério com o ecrã. Ora todos os que já tiveram problemas sérios com ecrãs sabem que isso quer normalmente dizer uma pipa de massa em reparação, não é? Pois… a acrescentar devo dizer, para os mais distraídos, que o IMac é uma bela de uma máquina all-in-one, ou seja, está tudo junto e não se pode substituir uma parte por outra de qualquer maneira.

Já estava mais ou menos preparado para ficar com três riscas verticais no bendito computador (a rezar a todos os santos para que não aumentassem) quando, depois de contactar um dos melhores centros de assistência técnica Apple do país e alertado por eles, resolvi ligar directamente para a linha de assistência da Apple.

Depois de uns segundos a ouvir boa música (o que vai sendo raro nestas coisas da assistência telefónica) disse à menina o que se passava, dei o número de série da máquina e minutos depois a resposta que me faz confiar cada vez mais nos Mac: o seu problema será resolvido sem qualquer custo. Só tenho de levar o computador a um centro de assistência autorizado e dar um número de ocorrência e pronto, ou como diria o Bilhas, The Kid, “já está!”

Digam-me lá se é ou não de continuar a comprar a estes gajos sempre que precise!

Leopardo das Neves e Windows 7

Novembro 25, 2009

As maravilhas da tecnologia permitem-me ter aqui à frente os mais recentes sistemas operativos da Apple e Microsoft. Devo dar graças a sua excelência o parallels que me permite a façanha quase sem conhecimentos nenhuns de instalações e configurações e o catano.

Mas ao que interessa. O sacana do Windows 7 é ligeirinho e instala-se que é um primor (deve ter sido a primeira vez que não tive de dar dados nenhuns na instalação de um windows). Até ver porta-se lindamente e está com apenas 1GB de memória na máquina virtual que criei para ele, mas mais logo afino a coisa para ter mais. O aspecto do bicho é engraçado (gosto da windowsbar à la mac, caragos), mas por baixo temos um vista aprimorado e mais bonitinho ainda. O sr. Microsoft esmerou-se neste, se nos conseguirmos esquecer de uma funcionalidade que coloca a porcaria de uma flag ali ao lado das horas a lembrar-nos que não temos isto e temos de configurar o anti-vírus e mais o catano e o camandro! Enfim… gosto mais deste do que dos anteriores.

O sacana do Leopardo das Neves é simplesmente fantástico! Nada mais a dizer!

Live Hackers

Janeiro 6, 2009

Espantosa a forma como a “live covarage” da Keynote da Apple por Phill Schiller do macrumors foi interrompida por um ataque de hackers!

Cabrões dos gajos! Deixem lá a malta que não pode ir a S. Francisco, ir lendo o desenvolvimento da Keynote, caragos!

MacRumors.com _ Macworld San Francisco 2009 Keynote Live Coverage.jpg

O drama, o horror, a tragédia…

Novembro 27, 2008

Deve estar a fazer quase uns 3 anos desde a última vez que me preocupei à séria com computadores.

Há três anos atrás, depois de uns anos a navegar e trabalhar em janelas, resolvi (e consegui convencer a Mrs. Bilhas a resolver também) entrar nesse mundo maravilhoso da maçã. A Mrs. Bilhas dirá que a coisa se tornou quase uma obsessão, mas eu contraponho que só seria obsessão se a coisa não fosse realmente melhor do que a opção janelas.

Nestes três anos foram várias as “jóias” criadas com a ajuda do fabuloso IMac G5 (um dos últimos power PC), entre as quais se contam uns DVD todos catitas para oferecer à famelga e amigos, fotos impressas com uma qualidade impressionante, uma tese de mestrado com classificação de muito bom, entre muitas outras actividades de elevado bom gosto e sofisticação (alguns posts fabulosos desta casa por exemplo). Pelo meio teve direito a um upgrade para um novo sistema operativo (o Leopard da Silva) que correu às mil maravilhas e a uma actualização da memória RAM para uns impressionantes 1,5GB. Enfim, faz um figurão lá em casa o bicharoco! É uma peça de arte que indica o bom gosto das pessoas que lá vivem, não é!

No entanto, ontem o rapaz resolveu entrar em colapso. O meu fiél companheiro de insónias para acabar a tese, de criação de DVD não tendo jeito nenhum para a coisa, de pesquisas sobre gajas boas na net, de conversas com os amigos no messenger, etc e coisa e tal deu o badagaio! A bem dizer custa-lhe a arrancar e mantém no ecrã o logo da Apple e a rodinha a indicar que está a pensar por tempo indeterminado. A dor, a dor… como foi isto acontecer-te! Que te fiz eu! Chuiffff!

Já sei que vou ter de ouvir os amigos e a família a dizer: “Ahhhh e tal… mas isso afinal também crasha? E está avariadinho o menino, é? Não arranca, não? Afinal isso também acontece com um mac, não é?” E mais dizem-no com aquele ar de tens-a-mania-que-és-diferente-ora-toma-que-já-almoças a que um gajo só pode responder com argumentos válidos e irrefutáveis:

1. uma máquina com três anos e que nunca precisou de ser formatada;
2. arrancava com a mesma velocidade desde que o comprei até ontem;
3. tinha um disco de 150GB quase cheio (13GB disponíveis) e nunca se queixava;
4. não perdi pitada de informação que lá tenho; 
5. é bonito como o caraças e só ocupa o espaço de um monitor TFT na secretária.

Pronto!

Agora que estou preocupado, lá isso estou! Espero que a coisa seja fácil (e baratinha, já agora) de resolver e, se não for pedir muito, que seja uma reparação rapidinha! A ver vamos!

The Matrix collapse

Novembro 11, 2008

Please press CTRL+ALT+DEL!

Até a Barack Obama (piada fácil, bem sei)

Novembro 7, 2008

Olá rapaziada, então como estão vossas senhorias? Tudo bem? Por aqui tudo muito mais do que bem… um dia de descanso antes do casamento de um primo, um macbook novinho em folha nas mãos e, acima de tudo, uma manhã passada em sossego e apenas entre o Bilhas e o Bilhas, The Kid (quer dizer… sossego é como quem diz, não é?).

Um excelente dia… para acalmar de duas semanas loucas entre a organização de uma conferência e a ida a uma feira de bilhas em Valladolid… que acaba com umas horas de sossego com a Mrs. Bilhas no sofá a ouvir o acceptance speech do Barack Obama e a ficar admirado com a capacidade do homem. Um discurso brilhante, daqueles que chega à alma, eloquente, com conteúdo, com a grandiosidade do reconhecimento do mérito e trabalho dos adversários, enfim… espera-se um grande presidente. Brilhante, a meu ver… espero que consiga alcançar o que pretende. O mundo agradeceria e ficaria bem melhor.

E pronto… era só isto que tinha a dizer… e a bem dizer aproveitei para ver como funciona o teclado retro-iluminado do novo animal 🙂

Beijos e abraços que amanhã há casório e tenho que ir fazer o sono de beleza!

PS: Boss… ainda não te agradeci como deve ser, pá! OBRIGADO pelo maquinão!

Solo Performer Show Controller 3.7.1 – Control a show for a solo musician. (Demo)

Outubro 16, 2008

Solo Performer Show Controller 3.7.1 – Control a show for a solo musician. (Demo): “Controller”

(Via MacUpdate – Mac OS X.)

Ó Hugo… uma coisa destas dava-te jeito, não?

Mais um teste…

Julho 3, 2008

Esta coisa de ser um gajo que é adepto das novas tecnologias faz com que eu fique pasmado com a quantidade de recursos disponíveis para a web. Desta feita experimento uma nova forma de blogar através de um add-on do Firefox, o ScribeFire

Gosta de blogar, usa o firefox, é adepto de experimentar destas merdas que não dizem nada a mais ninguém e que em nada contribuem para o bem da humanidade? Pois então… instale e comprove… e nos entrementes, aliste-se na força aérea que lhe fica sempre bem!

Uma pequena nota

Maio 28, 2008

Para testar esta aplicação que descobri depois de chegar a este blog. Esta rapaziada da maçã não pára de surpreender aqui o rapaz, caragos!

É a evolução…

Maio 26, 2008

Eu já tive uns quantos. Um Erickson, um Siemens S25, um Nokia, um outro Siemens S50 (acho), um Sony-Erickson e, finalmente, nos dias que correm um outro Sony-Erickson K800i que me permite tirar umas fotografias maneiras para o trabalho.

Sempre me pareceu que troquei vezes demais de telemóvel, mas vendo bem agora já não penso assim. Algum de vocês ficou com saudade de um modelito qualquer?

PS: sim… o próximo vai ser o último que aparece no video!

A criação do IPod

Março 19, 2008

Anda por aí um vídeo (não sei se há muito tempo, porque só me chegou hoje ao mail) sobre o futuro do sexo. Pelo menos foi-me apresentado assim. No entanto, eu acho que se deveria se chamar: “A criação do IPod” e dava um excelente anúncio da Apple para os canais adultos…

Que me dizem?

Ca medo, pá!

Março 13, 2008

Já olharam hoje por cima do ombro? Ou através do Google maps?

Teclad…quê?

Março 6, 2008

Depois de assistir a este pequeno vídeo, é dar um saltinho aqui para se perceberem a importância que os ecrãs terão no futuro como interface Homem-máquina.

Por falar nisso… quando é que nps chega o Iphone, caragos?

Tecnologias

Fevereiro 20, 2008

A falta que algumas coisas nos fazem quando realmente precisamos delas. Aqui a Bilhas Factory é carregadinha de tecnologia desde a soleira da porta de entrada, até à saída de ventilação do ar condicionado, no entanto, há sempre qualquer coisita que, na hora exacta (normalmente quando precisamos dela), dá um ar da sua graça, ou melhor, não dá ar nenhum, nem de graça, nem de existência e pura e simplesmente nos coloca num estado de “foda-se-que-eu-devia-ter-esta-merda-aqui”!

A dita coisa que faz falta aqui ao menino hoje dá pelo nome de cassete VHS. Quem se lembra? Era uma coisa de plástico que tinha uma fita magnética enrolada entre duas rodinhas, utilizada pela maioria do povo da minha geração (os trintinhas) para gravar uns videoclips, o Macgiver, o Hermanias, a Pensão Estrelinha, o Knight Rider, o Baywatch (principalmente o Baywatch… ai o baywatch… ), entre outras coisas que passavam na televisão nacional em idos e longínquos tempos. Parecia quase impossível, pelo menos para mim, que ainda iria ter que sair a meio da manhã à procura de um sítio para a comprar. Andei e andei e lá encontrei um sítio no Brasília (sim, ainda existe… sim foi o primeiro shopping à séria do Porto) onde se fazem chaves, arranjam electrodomésticos, fechaduras e tal… e vendem cassetes VHS! Yeaaahhhhhhh…

Isto de ter uma médica pouco tecnológica* é o que dá! Mas não podia deixar de registar o Bilhas, The Kid às voltas na barriguinha linda da Mrs. Bilhas, não é? Se bem que daqui a alguns anos ainda vou dar com ele em frente à TV a perguntar: “Paiiiiiii… como é que eu fui parar à barriga da mãe!?”

Pergunta difícil para a qual já ensaiei a resposta: “Sabes, Bilhas, The Kid, há uma cidade, um pouco longe daqui, chamada Paris! Cada vez que os pais e mães decidem ter um filho, é mandada de lá uma cegonha…” o resto da história vocês já sabem, não é? 😉

*Dr.ª gravador de DVD, carago!