Archive for the ‘Fogo pá!’ Category

A realidade…

Dezembro 16, 2009

… supera qualquer ficção! 🙂 Ou mais simplesmente, foda-se!

Vinde a mim… (take II)

Agosto 24, 2009

Imaginem duas crianças que estão para ser baptizadas. Imaginem que as duas vivem em paróquias diferentes e que vocês escolhem uma delas para realizar a cerimónia. Imaginem ainda que na paróquia escolhida lhes alertam para o facto de ser necessária uma autorização do pároco da outra paróquia para que o baptizado posso ali ser feito. Imaginem que esse pároco vos diz que têm que pedir ao Senhor Bispo que dê autorização para que assim seja e vos cobre 25 euros de “esmola”. Imaginem por fim que o Senhor Bispo vos cobre mais uns 40 euros para essa mesma autorização. Imaginam?

Pois muito bem… quantos de vocês baptizavam o catraio?

A inveja

Janeiro 6, 2009

Fosse eu feito de um ferro foleiro e mal forjado e não deste aço inoxidável que compõe as fundações do meu ser e estaria cheio de ferrugem: é que diz que a inveja corrói e hoje eu estou com inveja.

Sentimento mesquinho, bem sei, mas o $$#/&” do patrão que está sempre a mandar a piadola sobre a minha máquina de crepes (leia-se o macbook mais fabuloso do universo e arredores) comprou um Iphone para ele. Reparem na falta de coerência destas pessoas, carago!

PS: Patrão, se por acaso estiveres a ler este post, fica a saber que não descansarei enquanto não comprares o meu! Tenho dito e pronto!

Arre, porra… que até na net, cum catano!

Dezembro 3, 2008

Se há pessoas que têm pavor a actualizações do Java (eu percebo-te bem) e de coisas semelhantes, aqui ao menino atemorizam-no as idas a qualquer repartição pública. É algo que é mais forte do que eu. Sempre que tenho de tratar de alguma coisa nas finanças, segurança social, lojas do cidadão e afins dá-me uma caganeira (os mais cócós que me perdoem a expressão) daquelas que deviam fazer emagrecer uns 20 quilos, mas que emagrecem é o caraças.

É uma perda de tempo para a qual ninguém, no seu perfeito juízo, tem a mais pequena pachorra. Ainda mais quando hoje podemos ter ao alcance dos dedos e através desta maravilha da época moderna que é a “intermete” um balcão de qualquer um destes serviços. Ele é Segurança Social Directa, preenchimento da declaração de IRS online, consulta das situações contributivas, pedido de comprovativos, declarações e tudo e tudo e tudo com o simples preenchimento de uns quantos campos, seguidos de cliques em “Seguinte” até ao êxtase final de um “Concluír” ou “Requerer”. Enfim, como diria o Estebes… “marabilha, carago!”

Ora até aqui tudo bem, não é? É pois! Agora o problema é depois do “Requerer” ou do “Concluír” quando, barrados por um servidor chato e certamente muito descontente com o processo de avaliação a que foi submetido e no qual não cumpriu os míseros milhões de “hits” que traçou como objectivo trimestral, deparamos constantemente com a resposta:

“Serviço temporariamente indisponível, por favor tente mais tarde!”

Mais tarde a que horas, pergunto eu? De noite quando nem sequer me deixam chegar ao “Requerer”? De manhã cedo antes do senhor servidor funcionário público estiver ainda fresquinho e bem disposto? A que horas, senhores? A que horas?

Duas palavrinhas apenas: FODA-SE!

Julho 8, 2008

Mas que raio vem a ser isto? Que condições dão a um gajo para que ele se mantenha actualizado em termos da dependência dos gadgets? Como é que um gajo explica à Mrs. Bilhas, agora que temos um filho a cargo e já estamos a juntar para o mandar estudar para Londres, que é necessário gastar uma porradona de europas na aquisição, mais uma outra porradona mensal durante 24 meses, para ser um dos felizes proprietários de um novo Iphone? Como? Sim senhores e senhoras COMO!?

Ora pois o senhor Vodafone quer que a malta dispenda no mínimo 220 europas pelo aparelho e depois que pague 64 europas mensais para ter 500 minutos e 500 sms e mais 250MB de tráfico net, ou então umas míseras 390 europas para ficar com o mesmo aparelho, mas a pagar “apenas” 30 europas mensais por 100 minutos, 100 sms e os mesmos 250MB de tráfico? Isto para o Iphone de 16GB, é certo, mas a diferença não é assim tão grande para o de 8GB…

FODA-SE!

Resta-me esperar que o patrão seja um gajo porreiro, pá! Boss… se estiveres a ler isto quem é que é o funcionário amiguinho, quem é? E que trata tão bem o patrão e tudo? E que é exemplar? E que merece mesmo um Iphone? Pois… sou eu, para o caso de não te lembrares!

PS: O que me chateia mesmo nestas merdas são os períodos de permanência exigidos! 24 meses!!!

PS1: Se por acaso alguma das almas caridosas quiserem ofertar um Iphone ao menino, o menino agradece e rejubila, ok?

Certamente existe uma relação

Julho 1, 2008

Entre as vezes que ouço a Chuva cantada pela Mariza e as vezes que o S. Pedro me ameaça com a dita (não a Mariza, a chuva).

É que ninguém pode com estas indecisões, meu caro e grande S. Pedro. És bipolar ou quê, rapaz? Que tempo é este? Estamos em Julho, JULHO, J-U-L-H-O ouviste? Que cena é esta de mandar nuvens e tempo fresco aqui para o território continental?

Um destes dias dou-te com o anticiclone dos Açores para ver se aprendes, pá!

Os limites da Arte

Abril 22, 2008

Fazer inseminações artificiais consecutivas, provocar abortos e filmar tudo para depois expor. Arte ou loucura?

É assim que começa a notícia do Público que leio, incrédulo, neste fim de tarde. Uma “artista” chamada Aliza Shvarts, aluna do mestrado de Belas Artes da importante Universidade de Yale nos E.U.A, resolveu submeter-se “…sem intervenção médica, a inseminações artificiais ao longo de noves meses, provocando no fim do ciclo menstrual abortos com recurso a medicação.”, com o objectivo de promover a conversa e o debate sobre a relação da arte com o corpo humano.

A ideia choca-me mais ainda do que me chocou a do “artista” que deixou um cão morrer à fome em plena exposição, como penso ser compreensível, não?

Arte? Pergunto eu! Reacender o debate em torno da relação entre a arte e o corpo humano? Pois então… reacenda-se!

Orsay

Ele há dias, que um gajo à tarde, não pode sair de noite!

Abril 18, 2008

Um pequeno aviso prévio! 🙂 Este post poderá conter algumas palavras mais ordinarotas como foda-se e caralho, por exemplo. Em todo o caso a sua utilização é mais do que justificada!

Certamente uma bruxa qualquer viu-me a mijar (já lá dizia o Ferrinhos) e, invejosa da minha gaja, rogou-me uma praga das grandes! Lá que o meu Benfica tivesse levado 5 (foda-se) do Sporting (foda-se de novo), depois de estar a ganhar por dois eu ainda aguentava. Afinal quem é que neste país ainda liga alguma coisa a futebol? Eu e mais 5.999.999 compatriotas já nem sequer queremos ouvir um relatozinho da bola. É só chatices!

Mas dizia… se fosse só o jogo (foda-se de novo… ahhh e o caralho para o camandro dos gajos), eu ainda me aguentava à bronca, mas ontem todos os Deuses do Olimpo, de Asgard, os Profetas, Jesus e o Pai e mais o Espírito Santo reuniram-se todos para conspirar contra mim. Então não é que este menino ontem esteve na capital do reino em labuta firme e convicta com um novo e importante cliente de bilhas e, como é costume, navegou até Lisboa ao volante do maravilhoso (foda-se) e fantástico (cabrão do gajo) Bilhasmóbil. É verdade, aconteceu mesmo! E não é, também, que após um dia estafante e debaixo do maior temporal que alguma vez vi em Lisboa e depois de demorar quase meia-hora para encontrar um táxi, peguei no carro e o gajo estava com um problema qualquer que não desenvolvia (o cabrão, o filho da puta e o caralho para a puta da sorte)! Telefonema para a Opel e resposta “Eh pá… isso deve ser o sensor do turbo, ou um problema com algum injector”! Mas que paneleiro de turbo é este que tem problemas com a merda do sensor? Não injecta o suficiente o menino, é? Raios te partam se alguma vez mais o elogio, como o tinha feito no dia anterior!

Resultado da brincadeira: umas três horas em telefonemas, esperas de reboque e do táxi para ir buscar um carro que substitua o Bilhasmóbil e uma viagem de quase quatro horas Lisboa-Porto numa A1 que mais parecia a barragem do Alqueva, tal é a quantidade de água que a merda da estrada retém! Isto tudo ao volante de uma familiar carrinha Peugeot 307 (cheia de modernices é certo) que condiz pouco com o Nelson Piquet que há dentro de mim (salvo seja)!

Falem-me agora de um mísero resultadinho da bola! Vá… falem lá (FODA-SE)!

E a partilha, irmão?

Abril 15, 2008

Onde fica a partilha? Onde está a sua consciência de católico ou crente em qualquer outra religião que lhe manda partilhar o bom com os seus pares e ímpares? Onde está o seu espírito de partilha que foi incutido pela maravilhosa educação que os seus pais lhe deram? Não lhe parece que despertar inveja nos seus conterrâneos é um pecado tão mortal como a inveja que montes deles sentem de si neste momento? Que mais terei eu que dizer ou fazer para que o senhor partilhe este património da humanidade com os seus semelhantes?

Quero ver o filme, JÁ!*

* Estudos demonstram que este tipo de frase costuma resultar. Não utilizar em presença de instrumentos electrónicos de captação de imagem em movimento.

Aquecimento global… uma explicação possível

Abril 7, 2008

globwarm_ttl

Imagem: daqui.

Esta semana na Actual encontrei a referência a um livro que tenta desmistificar a questão do aquecimento global. Uma espécie de contraponto às posições assumidas pelo “nobilizado” Al Gore no famoso livro sobre o assunto. Vai daí fiquei a pensar no assunto. Sim eu penso! E mais, agora que vou ter a preocupação acrescida de cuidar do planeta para a descendência da família Bilhas, cheguei a tirar dois sacos de plástico do mar e a recolher um objecto metálico das areias. Tudo isto no Sábado de manhã!

Ora depois de pensar muito no assunto cheguei a uma conclusão hoje à hora de almoço que gostava de partilhar com vocês. A explicação é mais teológico-sindical do que vocês podem imaginar e não tem a ver com as mais elaboradas teses científicas que se possam elaborar. Antes pelo contrário… é uma tese (a minha) com índice de cientificidade 0… népia!

Eu tenho para mim que o S. Pedro é o responsável. Pelo aquecimento global e por estes dias de chuva intensa depois de um fim de semana com solinho e direito a praia da boa (até fiquei com uma corzinha)! Pensem uns minutinhos comigo. O homem morreu crucificado ao contrário em Roma no longíquo ano de 64 d.C. Desde então o homem é porteiro do céu e tem que aturar uma quantidade enorme de rapaziada sem qualquer pecado ou completamente arrependido dos pecadilhos que cometeu em terra. Não se conhece um dia de descanso que possa ter tido nestes quase 2000 anos e, para agravar a situação, hoje já ninguém se entende quanto à existência de purgatório, inferno, etc. e tal o que dificulta de sobremaneira a tarefa do homem das chaves.

Assim sendo que outra forma teria o moço para chamar a atenção do chefe (Jesus Himself) para o facto de o seu trabalho não ser reconhecido pelos seus pares? Baralha isto tudo com calor, tempestades, chuva e frio, calor infernal, granizo, nevões enormes no verão, etc, etc, etc… na (a meu ver) vã esperança que o Homem repare na situação e lhe dê um século ou dois de folga!

S. Pedro amigo… eu pelo menos estou solidário contigo! (Uma folga para o homem já, ouviste God!) Mas deixa-te lá de merdas e vê se não entreténs a ligar e desligar a torneirinha da chuva para estes lados, ok?

Camacho… uma dica piquena, ok?

Março 6, 2008

A partir de agora é favor começar a jogar com dez! Se as regras não permitirem, faz o favor de mandar alguém lá para dentro (que não mande cotoveladas a ninguém) e dizer-lhe para ser ponta-quieta (não mexer uma palha). Assim que o Glorioso estiver a jogar com esta atitude, mandas o gajo jogar como deve ser e resolves a situação!

PS: Sou só eu que acho ou acham todos que é melhor o Benfica mandar alguém à bruxa?

Música de segunda-feira

Março 3, 2008

Só mesmo um bom herói para aguentar uma segunda-feira! Valha-nos o santíssimo…

Eh pá… isso está complicado!

Fevereiro 18, 2008

Ó rapaziada de Lisboa, a coisa está complicada por aí, não é? Cortes de estrada, inundações, derrocadas, cortes de luz, gás e água, túneis fechados, trânsito caótico, etc e tal…

Será isto algum efeito do programa da Maria Elisa de ontem? Para testar se o país evoluiu o suficiente nestas matérias? Ou será mesmo o S. Pedro a ser irónico com a programação da RTP!?

Eu bem me esforço…

Fevereiro 7, 2008

image

Mas não há forma de alterar as expressões fazem cá chegar o povo, carago! 😦

Ó Balha-me Nossa Senhora, carago!

Fevereiro 7, 2008

Está tudo de reviralho, caragos! Pois ninguém se entende mais neste cantinho à beira mar plantado.

O director da PJ diz que os pais da Maddie foram “precipitadamente” indiciados como arguidos, o Sócrates remodela (se é que aquilo se pode chamar remodelação) e o Manuel Alegre parece que continua a querer formar novo partido, a Direita (onde anda ela) não aproveita nada disto se excluirmos um ou outro bitaite oportuno do Santana Lopes (pasmem), as urgências estão num estado letárgico do tipo fecha-não-fecha, a acrescer ao elevado preço do petróleo, junta-se agora o preço elevado dos cereais para a produção de bio-combustíveis, não se publicam os rendimentos dos políticos que o pedem para o não fazer, contrariando uma importante regra ética (digo eu), o ensino de música nos conservatórios vai ser mudado (ao que parece para pior), a selecção nacional leva um banho de bola da Itália e o não há forma de pôr o Glorioso a jogar à Benfica!

E vai daí que se faz? Nada! Está tudo muito sereno, aliás, o povo é sereno!

E depois o burro é o Scolari, não?

PS: vou fazer a minha parte… vou já tratar de mandar uma carta para o Luís Filipe Vieira a dizer-lhe que ou a coisa melhora, ou deixo de pagar as cotas! É que não há paciência para jogos como o contra o Nacional!