Archive for the ‘Curiosidades’ Category

Voltando a falar de coisas sérias…

Agosto 18, 2009

E logo eu que sou gajo para ir a uns 2374923487 encontros por ano, não soube deste! Cum catano! Eu… um rapaz que está tão à vontade com a sua banha e com a banha alheia, caragos!

Carlos tu não me digas que foste lá? Foste?

Anúncios

Aguenta firme

Julho 30, 2009

Há uns dias escrevi aqui, para deleite de vossas senhorias, a minha aventura a tirar o CU (leia-se cartão do cidadão, ok?). Pois muito bem… para não me armar muito aos cucos com o desempenho dos funcionários públicos, eles foram despachadinhos (certamente sabem que toda a gente lê o Bilhas) e ontem tinha em casa a cartinha com os códigos para levantar o bendito cartão. Hoje de manhã, depois de um pequeno precalço com o bilhasmóbil (o sacana agora dá-lhe para acender luzes de avaria assim sem mais… e tive que ir à oficina ver o que se passava), lá me dirigi ao registo civil.

Assim que lá cheguei dei de caras com o advogado mau feitio que tinha saído de lá furibundo… pensei com os meus botões “o gajo meteu a viola no saco e voltou cá para tirar o cartão sossegadinho e à espera na fila como toda a gente!”. Era a vez dele conferir os dados… rápido e eficaz. Uns 5 minutos. Depois a vez de um rapaz e de um padre que estavam juntos. O rapaz rápido e eficiente. O padre quase que contava a vida ao homem da repartição e tinha que saber tudo ali sobre o cartão de eleitor. Tempo que nunca mais passava. Espera bilhas que a malta tem tempo.

Passados 2387492834 minutos lá chegou a minha vez. Verifico os dados, indicador direito e depois esquerdo, “quer activar a assinatura electrónica?” sim quero e acabo a pedir ao homem a máquina que me permite ler o cartão em casa. Ora pois bem… voltas e voltas à procura do bendito leitor, mais voltas e voltas para tirar a facturinha, mais voltas e voltas para activar o leitor e voltas e voltas ainda para fazer um simples pagamento multibanco.

Resultado final: demorei bem mais tempo a levantar o cartão do que a tirar a pelimgrafia, assinar, dedos digitalizados etc e tal quando fui lá da primeira vez!

Crocs

Julho 29, 2009

A propósito de algumas modas passageiras hoje, quando vi esta notícia, recordei-me de uma conversa que tive em tempos com uns amigos sobre o belo do croc. Dizia eu na altura que dificilmente seria possível criar um sapatuncho tão feio como aqueles. Isto para já não falar de diversas situações prejudiciais inerentes à massificação da utilização do belo do croc. Ora senão vejamos:

Um dos mercados em que a coisa teve sucesso foi no das enfermeiras. Eu bem sei que hoje em dia já não se fazem daquelas enfermeiras de mini-saia, meia de liga a aparecer e bata meia desabotoada que um gajo imagina depois da leitura da terceira Gina. Mas também não havia necessidade de estragar assim o look das moças. Um outro mercado foi o do gajame que vai à praia muito bem arranjado (o que me parece muito bem) e antigamente levava calçada a bela da havaiana. Hoje com os crocs esse gajame mais parecia um mergulhador a caminhar na areia com a bela da barbatana. Não é elegante. E estraga o panorama geral transformando-o em um enorme sapatão com alguém em cima. Não se ve mais nada. Já nem sequer vou falar de um outro mercado que é o dos gajos que andam de crocs, porque meus amigos gajo que é gajo não anda de croc e ponto final! É assim a modos que muitooooooo panisgas, sem ter nada contra os panisgas que normalmente nem andam de crocs… é mais havaiana rosa ou florida.

O único mercado em que a coisa é aceitável é para a criançada, mas apenas no sentido de os proteger da picada do peixe-aranha, ou seja, utilização restrita a quando eles têm os pézinhos submersos.

Parece que o mercado me veio dar razão. A coisa saiu de moda e a fábrica está a caminho da falência (o que é uma pena para os seus trabalhadores e patrões), mas meus amigos também estavam a pedir. Negócio que é negócio não pode ser sustentado por um produto apenas… por muito bom que ele possa ser.

Apenas me resta deixar-vos uma preocupação: sendo uns one hit wonders é certinho que os belos dos crocs vão reaparecer. Até já consigo imaginar o belo do coleccionador de crocs e o Clube de utilizadores dos Crocs.

O comboio que nos leva à capital

Março 26, 2009

É mais conhecido por Alfa, com apelido de Pendular, e diz que é rápido. Pelo menos é o que os ecrãs nas entradas de cada carruagem indicam quando a malta vai a 220 Km/h. Demora duas horas e meia desde o Porto até Lisboa, sem contar com os atrasos (esta semana aconteceram duas vezes) e com algum imprevisto que não possa ser imputado à CP. Diz também que é confortável e espaçoso (eu confirmo) e é o meio de transporte preferido deste vosso amigo. Devia haver comboios ou outra coisa qualquer sobre carris a ligar tudo quanto é sítio e ponto final!

Até porque no comboio é costume assistir a cenas que não lembra a ninguém. Hoje de manhã, por exemplo, deu-se uma dessas. Imaginem lá dois chineses a falar chinês, alto (muito alto) e bom som, quando todo o povo queria aproveitar para dormir mais um pouco, principalmente a menina que viajava ao meu lado. Quanto mais os homens falavam, mais ela bufava e dava encontrões ao assento. Mais duas de letra chinesa e mais uma bufadela, encontrão e um chiuuuuuu alto e bom som (que os chineses não entendiam). Isto continuou até Santarém. Aí a moça fartou-se e, em inglês, mandou calar os dois chineses de forma impetuosa.

De Santarém até Lisboa foi um sossego. Os dois chineses enterradinhos nas cadeirinhas e a moça a dormir o sono dos justos.

Gosto muito de andar de Alfa.

Publicidade grátis de borla

Janeiro 22, 2009

Ou muito me engano ou a rapaziada vai começar a utilizar bem mais os transportes públicos depois de dar uma vista de olhos a esta publicidade!

Eu pelo menos sinto-me tentado(vá lá), muito tentado, a ir de Metro!

Ó Sócrates, ainda bem que falas nisso…

Abril 15, 2008

Este Sócrates deve ter algum dos Serviços Secretos atrás de mim.

Então não é que hoje tive que ir às urgências do Hospital Santos Silva, em Gaia City? Como é que sabias, pá? Eu a preparar o belo do post a desancar no SNS e tu nem me deixas acabar e já estás a argumentar com a qualidade do serviços prestados! Assim não pode ser, pá!

Antes de mais permite-me que te diga que nas palavras de alguns dos utentes, a coisa não funciona muito bem. Havia gente à espera desde as 9 da manhã e eu cheguei lá por volta das duas e meia da tarde, ok? Resolvias isto com a instalação de um canal televisivo qualquer nos hospitais. Fala com o Sr. Balsemão que ele cria a SIC Hospital, ou melhor, fala com a TVI que eles estão habituados a noticiar a tragédia. Era uma forma de entreter a rapaziada que, sem mais a que ligar, passa a vida a massacrar o pessoal da secretaria.

Por outro lado, embora me parecendo bem limitar a coisa a um acompanhante por utente, acho que a restante família (já se sabe que nestas coisas temos todos que estar no hospital a ver o que acontece e a acompanhar o acompanhante) merecia uma salinha que fosse na parte de fora do hospital. Tipo um pré-fabricado, só para não ter que estar ali de pé horas a fio.

No entanto deixa que te diga que eu não tenho grande queixa a fazer. Fui atendido de forma breve, todos os funcionários foram excelentes, os médicos e enfermeiros muito atenciosos e tive a boa notícia que o pulso que a Mãe Bilhas partiu, quando tentava simular o “up up and awayyyyy” do Superman em cima de um escadote, está a curar e colar exactamente no sítio e da forma que devia, ao contrário do que se temia! Vai daí que quando corre bem é uma maravilha e ninguém se chateia!

Não posso, por fim, deixar de te dar uma reprimenda pelo facto de teres acabado com o serviço de urgência lá na terrinha. Sim… confirmei hoje que Espinho tem muita gente a lesionar-se ou a padecer de algum mal. Ora sendo assim, era preferível o pessoal deslocar-se a pé ao Hospital de Espinho, do que ter de ir de ambulância ou táxi ou nos péssimos transportes públicos daqui do grande Porto até ao Hospital Santos Silva. Caso nunca tenhas ido lá… fica longe para carvalho, mas sem o v! E mais… como nos parecia um pouco exagerado chamar uma ambulância (o bombeiral deve ter mais com que se entreter) para levar a minha mãe lá, pedi eu um bocadinho de tempo ao patrão e não fui, no dia de hoje, grande contribuinte para o PIB. Espero que não tenha causado grande mossa na frágil economia nacional, ok? E pronto! Disse.

Pulacas leves e Bilros

Novembro 14, 2007

Eu já estou habituado a ter uma porrada de nomes diferentes, mas confesso que estes dois estão demais. As Pulacas Leves são da autoria das meditassões do Jakim (ver link entre os meditadores chatos) e acho simplesmente “ilariante” este novo título que deram aqui ao blog… ainda mudo o header lá em cima!

Quanto aos Bilros, acho que é simplesmente um engano do nome em relação ao link no blog do Lino Centelha… mas se quis chamar-me bilros, parece-me muito bem… desde que não seja muito rendado!

Montra da parreca…

Julho 16, 2007

A não perder, meus caros, definitivamente a não perder…

wickedweasel.jpg

Imagem: deste maravilhoso e industrioso site.

A montra da parreca, para os menos habituados com o linguajar nortenho, é a bem dizer uma forma simpática de referir uma montra de gajas ao sol, viradinhas de frente para a bela da esplanada, com a perninha entreaberta a mostrar (valentes… assim é que é!!!), o belo do fio de sediela na parte traseira ou um fio, um tanto ou quanto, mais grosso na parte frontal.

Acontece esta montra na praia supé-ultra-mega-rifixe-da-fashion que o Bilhas costuma frequentar. Melhor… acontece no bar que o Bilhas costuma frequentar… o que me faz pensar que as catraias estão à espera que se verifique da minha parte alguma espécie de escolha. Ora como sabeis… e se não sabeis, ficaindes a saber… eu sou um gajo que a bem dizer já tem a escolha feita e, por outro lado, mesmo que não a tivesse feita (a escolha, claro) não poderia escolher apenas uma da montra da parreca. Seria como pedir a um puto em frente a uma montra de legos (os putos ainda gostam de legos? eu gostava, prontos!) que escolhesse apenas uma caixinha que continha a bela da corporação dos bombeiros. E, pergunto eu, como ficaria a esquadra da polícia? Destroçada e não montada… como é óbvio! Não se pode escolher assim o lego a montar!

Sorry… but no can do!

Exultai senhores

Junho 22, 2007

É realmente poderoso o presidente do FCP, carago! Até se me arrepiam os cabelos da nuca…

Não é que o homem se vê metido em questões de frutas e passados poucos dias é lançada uma petição para criar o Dia Nacional da Fruta? Talvez seja esta a justificação para a Rádio Baía ter lançado um passatempo sobre Abacaxis

Já estou a ver o Octávio Machado… árbritos-fruta, fruta-rádio baía, rádio baía-baía, baía-pinto da costa, pinto da costa-FCP, FCP-irmãos oliveirinha…. tá tudo dito!

Geeks make great lovers

Junho 15, 2007

Se por acaso andavam à procura de uma boa desculpa para comprar uma Wii, a última PS3, um computador com melhor capacidade gráfica e encontram uma barreira que se prende com a falta de apoio da vossa gaja, aconselho-os a dar uma vista de olhos a esta tese de doutoramento apresentada por Jennifer Chowdhury à Universidade de New York.

Não sei bem o motivo, mas penso que os Intimate Controllers serão os futuros controladores fornecidos em série pelas principais marcas de consolas.

Já agora… podem também passar por aqui e perceber o título deste post de forma mais elaborada (é o fim de anos e anos de martírio para os nerds).

Vendedores de banda gástrica…

Junho 1, 2007

… à Madeira! À Madeira meus amigos! Ao que parece vão ter por lá um encontro mundial sobre baleias. ehehehehe Sou tão mau, não sou!?

Curiosidades científicas

Maio 24, 2007

Até que enfim que alguém se dá ao trabalho de provar alguma coisa de jeito. Beba vinho… que a água não presta!

_aguafazmal__de.jpg

Recebida por e-mail… o pessoal não tem mesmo nada para fazer, carago!

O verdadeiro Portuga

Maio 24, 2007

Meu caro António Barreto,

Deixo-lhe este post para lhe mostrar que apesar do brilhantismo do seu documentário sobre os portugueses e Portugal, escaparam-lhe algumas das principais características deste lindo povo!

Se não se acredita clique aqui.

Não resisto a interromper a emissão…

Maio 18, 2007

Para uma notícia de última hora sobre o lançamento das novas máquinas profissionais de tirar finos para ter em casa. Aconselháveis sobretudo a crianças e a especialistas desse precioso néctar que é tipo… a cervejola frescola!

Ora “vejainde” http://videos.sapo.pt/GnR4iyISmcKjJnRAj6cY

Alguém sabia que hoje…

Maio 17, 2007

… é o dia da Internet!? Será que já tem padroeiro? Oh caragos… O que um gajo não fica a saber quando lê as notícias.