Pai babado

Quem nunca teve a experiência de ouvir o filho a repetir os seus “Ya” ou a dizer loud and clear um forte e sentido papá enquanto aponta para a nossa cara escarrapachada numa fotografia não consegue perceber porque nós, os pais babados, temos esta tendência esquisita para precisar de babetes na presença do nosso filho ou quando falamos sobre ele com alguém. Ficamos com um síndrome de bulldog inglês que é capaz de tirar do sério a pessoa mais à vontade com a baba animal.

Ontem, com a novidade de conseguir cantarolar os parabéns (acerta nas notas da canção todas o sacanolas), conseguiu que eu e a Mrs. Bilhas passássemos grande parte da noite em alegre cantoria imaginando incontáveis aniversários. Uma espécie de ídolos caseiro até que a voz nos doa. O prémio foi um mimo do tamanho do mundo, com a cabeça encostada ao peito do pai… ainda a cantarolar.

Claro que passados uns minutos estava a pensar no que ia fazer para levar um “não mexas aí, sacanolas!”

Anúncios

Uma resposta to “Pai babado”

  1. sofia Says:

    LOL
    É engraçada a rapidez com que passam de uma coisa para a outra, mesmo que cada uma das fases leve uma eternidade a passar
    É o que eu chamo do “repeat mode” 🙂

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: