Archive for Dezembro, 2009

Feliz 2010

Dezembro 31, 2009

Não podia deixar de vos desejar um excelente 2010 com saúde, sucesso, felicidade e eypos para as extravagâncias que também é preciso.

Num momento mais calmo farei um balanço de 2009. Assim que tiver tempo para parar e reflectir um pouco sobre a vida e os acontecimentos do ano passado prometo um post à antiga em jeito de “o que andas a fazer da tua vida, Bilhas?”

Entrementes… fiquem com um enorme abraço ou beijo consoante o género, ok?

Anúncios

Uma preocupação cada vez mais pequena…

Dezembro 30, 2009

Nem sequer queria falar muito neste assunto, mas como eu gosto de partilhar com vocês as alegrias e misérias da minha vida não resisti em contar mais uma alegria: a prestação da casa baixou de novo!

Pssssssshiiiuuuuu! Que o gajo que comanda as taxas de juro lá pelos lados do Banco Central Europeu não pode ouvir a malta a dizer isto. No entanto, o que é verdade é que a bendita desceu consideravelmente ao longo deste ano. Uns trocos que dão jeito para por de lado a pensar na altura em que o catraio tiver que ir estudar para a Suíça ou algo parecido (que por cá está nas ruas da amargura). Em todo o caso é também coisa que serve para compensar o constante aumento de tudo e mais alguma coisa que somos obrigados a comprar.

Como é que será?

Dezembro 30, 2009

Será que para o ano quando escrever pacto o sacana do meu corrector ortográfico me vá “subondular” a palavra e indicar a correcção para pato? Será que o facto de não vestir fato há muito tempo possa ser sancionado pelas Edite Estrela que polulam por aí? Será que poderei escrever paranoia para ser solidário com o nosso Marques Mendes em vez de paranóia? E apazigúe por apazigue haverá quem me apazigúe a alma com estas questões?

O melhor mesmo é continuar com a ortografia que a Prof. Fernanda me ensinou em catraio e deixar-me de preocupações!

Natal 2009

Dezembro 29, 2009

Meu caro Pai Natal,

Assim sim, meu grande badameco! Custou alguma coisinha? Foi assim tão difícil? Depois de tantos anos de choro compulsivo em cada carta que te escrevia e de choramingar pelos cantos aquela prendinha e aqueloutra que queria, foi assim tão complicado entregar ao menino a bela da PlayStation 3? E mais… custou assim tanto mandar o belo do IPhone aqui para o menino? Lá tiveste que o fazer a expensas do Boss, não é? Mas ok! Não está nada mal, meu grande sacana! Este ano tens a redenção e agora podes passar um ou dois anos a dar o belo do cachecol, do pijama e das meias que aqui o menino não se importa. Aliás… podes até fazer melhor. Para o ano pega nas prendas que os duendes fazem para mim e trata de enviar a um moço que precise mais do que eu, ok? Escreve-lhe apenas um cartão a dizer que vai da minha parte e manda-lhe um grande abraço!

Eu sei que não deves ter muita gente a agradecer-te as prendas, mas não podia deixar de te agradecer as prendas e as semanas que antecederam o Natal com os jantares da empresa (e amigos da empresa) e dos amigos em Viana depois de umas bolas de berlim fantásticas. Não podia deixar de te agradecer pelo excelente fim de semana de Natal passado em família com o puto maravilha a surpreender tudo e todos, com o sobrinho a crescer cada vez mais e a ficar cada vez mais parecido com o tio Bilhas (bonito e charmoso o sacana), com um rio de baba dos avós, tios e primos e com um excelente almoço de Domingo com dois bons amigos!

Só para que não digas que me esqueço de ti, ok? Grande abraço e uma vez mais OBRIGADO! Seu sacana!

IPhone

Dezembro 27, 2009

É o primeiro directo do iPhone… Uma espécie de ficar sem os 3 nestas coisas!

Musicol de Natal

Dezembro 23, 2009

A ver se passam um Natal a dançar!

Boas Festas

Dezembro 23, 2009

31242.png
Imagem: daqui.

Meus caros e caras amigos(as), visitantes, leitores(as), meninos e meninas, o Bilhas não podia deixar passar a quadra natalícia sem vos desejar um santo e merry e o catano de um Natal à maneira. Um Natal com saúde, alegria, doces e, não esquecendo o mais importante, prendas! 🙂

Lá em casa vai ser o primeiro Natal com o Bilhas, the Kid a rasgar os embrulhos e a ficar deliciado com o que lhe vão oferecer… eu preparo-me mentalmente para assumir o ingrato papel de Pai Natal de distibuição ou então para fotografar as carinhas larocas que o catraio vai fazer.

Feliz Natal e um óptimo 2010 para todos vocês. Sejam felizes pelo menos nesta noite mágica (para mim ainda é e continuará a ser durante muitos anos).

Das coisas boas

Dezembro 22, 2009

Por esta altura, há uns quatro anos atrás, este que vos escreve passou a ter em mãos uma das mais belas máquinas que a indústria informática concebeu até hoje.

Esta bela máquina já me ajudou a ultrapassar algumas etapas difíceis da vida e passou com clara distinção na ajuda que me deu a escrever e organizar o trabalho da minha tese de mestrado. Claro que também ajudou a escrever alguns posts desta chafarrica e outras coisas mais comezinhas, mas o que interessa para aqui é que é uma bela máquina.

Ora um belo dia de festa caseira (penso que foi no aniversário do puto maravilha Bilhas, The Kid) enquanto mostrava umas fotos à família, o sacana do computador deu-lhe para ter uma crise de fígado e envergonhar-me em frente a uma multidão de familiares e amigos que se fartam de me ouvir falar dos requintes da maçã. Uma risca de cima abaixo no ecrã, seguida de uma segunda e mais tarde de uma terceira avisavam para um problema sério com o ecrã. Ora todos os que já tiveram problemas sérios com ecrãs sabem que isso quer normalmente dizer uma pipa de massa em reparação, não é? Pois… a acrescentar devo dizer, para os mais distraídos, que o IMac é uma bela de uma máquina all-in-one, ou seja, está tudo junto e não se pode substituir uma parte por outra de qualquer maneira.

Já estava mais ou menos preparado para ficar com três riscas verticais no bendito computador (a rezar a todos os santos para que não aumentassem) quando, depois de contactar um dos melhores centros de assistência técnica Apple do país e alertado por eles, resolvi ligar directamente para a linha de assistência da Apple.

Depois de uns segundos a ouvir boa música (o que vai sendo raro nestas coisas da assistência telefónica) disse à menina o que se passava, dei o número de série da máquina e minutos depois a resposta que me faz confiar cada vez mais nos Mac: o seu problema será resolvido sem qualquer custo. Só tenho de levar o computador a um centro de assistência autorizado e dar um número de ocorrência e pronto, ou como diria o Bilhas, The Kid, “já está!”

Digam-me lá se é ou não de continuar a comprar a estes gajos sempre que precise!

Chove, cai orvalho e é uma destruição do…

Dezembro 22, 2009

Juntem o que quiserem ao título. Hoje a invicta acordou com o caos instalado. Lençóis de água na estrada, inundações em garagens, pessoas desalojadas em Rio Tinto, árvores caídas, estradas cortadas por causa da intensa chuva e vento que se fizeram sentir toda a noite.

Quando era miúdo e vivia na velhinha mansão dos pais Bilhas tinha um medo que me pelava destas noites. Não era um medo de ser levado pelo vento ou da chuva em si, era medo que o telhado antigo daquela fabulosa casa caísse. Medo que a casa velhinha, quase sem manutenção externa (era alugada), não se aguentasse à bronca e visse arrancadas as suas martirizadas telhas. Nunca aconteceu. Protegeu-nos anos e anos a fio sem vacilar. Só veio a degradar-se muito depois de termos saído de lá.

Ontem mesmo antes de adormecer lembrei-me da velha casa e das vezes que me aconcheguei nos lençóis a imaginar as agruras do tempo a levarem de vez o telhado. O vento nunca o levou. Levou-o a “modernidade”.

Dá-lhe!

Dezembro 21, 2009

Meu caro amigo Pedro,

Recorda-me de te enviar um Viva o Benfica dois dias antes de o Glorioso jogar seja com quem for. Parece… repito, parece que o nosso Viva deu resultado e ontem jogamos à bola como manda a sapatilha!

_._ Jornal Record _._-1.png

Vai daí vou ver se não me esqueço! 🙂

PS: uma palavrinha para os que disseram que o Glorioso foi beneficiado pelo Lucílio Baptista: óculos!

Postal de Natal

Dezembro 21, 2009

Devo dizer-vos que este foi o mais fantástico postal de Natal que alguma vez recebi de um artista. Também devo dizer que também foi o primeiro postal de Natal que recebi de um artista. No entanto com a fasquia elevada assim, não me acredito que haja outro artista que o consiga fazer tão bem nos próximos anos.

É sem sombra de dúvida o músico português com mais noção do que é preciso ter para vencer no mercado actual e, bem acima disso, um dos melhores músicos das últimas décadas. Este último álbum está espantoso.

David, rapaz… um merry christmas to you too! 😉

RIP

Dezembro 18, 2009

O Avenida Central é daqueles blogs que justificavam sempre a visita diária. Lá aprendi muito sobre a bela cidade dos Arcebispos, terra da Mãe Bilhas e local onde gosto de voltar sempre que posso. Espero que os responsáveis da cidade possam ter atenção a muitas das opiniões e discussões que ao longo do tempo se tiveram naquela casa.

Os meus parabéns a todos os que contribuíram por lá para uma blogosfera cada vez melhor!

E depois temos…

Dezembro 17, 2009

isto no mesmo dia em que a Red Bull é anunciada em Lisboa! 🙂 Deve ser para o povo rir um pouco. Uma coisa a modos que silly season um pouco antes do tempo!

Red Bull Air Race

Dezembro 17, 2009

Já não era novidade nenhuma para ninguém, ou melhor, devia ser novidade apenas para o presidente ou director do Turismo de Lisboa que disse desconhecer, em carta dirigida a Rui Moreira, qualquer negociação para a realização da prova em Lisboa. Tirando este senhor não me parece que depois dos avisos de Filipe Meneses, Rui Rio e Rui Moreira, ainda houvesse quem acreditasse que a Red Bull Air Race ia ser realizada em Lisboa e não no Porto.

Devo confessar que é algo que não me aquece, nem arrefece se tivermos em consideração apenas a dita prova, mas irrita-me profundamente esta mania do país olhar sempre para o seu umbigo (Lisboa) e não perceber que o resto é importante também. E eu posso falar à vontade porque Lisboa é uma cidade que eu adoro, bem como as pessoas que por lá vivem e cuja maioria não estará certamente de acordo com esta centralização abusiva e concentração de investimento (ou gastos?) apenas numa pequena parte do País. Reparem apenas nos exemplos de que me recordo agora: Expo, Ponte Vasco da Gama, rede de auto-estradas e vias rápidas que circundam a cidade, Metro do Terreiro do Paço, Túnel do Marquês, ampliação do Aeroporto da Portela (há poucos anos atrás), novo aeroporto, nova ponte, etc e tal. Pouco, não é? Eu percebo que a cidade e região de Lisboa tenha de ter mais investimento porque é o local do país onde vive mais povo, mas não vive pessoal no restante país?

Enfim… não fosse o Glorioso ficar em Lisboa e eu pedia já a independência da região Lisboeta (fazíamos lá um enclave qualquer) e o resto do país passava a ser de novo uma monarquia com capital no Porto. Voltávamos a chamar ao país Portugal em vez de República Portuguesa que está expressa na Constituição.

Nota do editor: reparem que eu até sou completamente contra a regionalização! Mas completamente mesmo! Descentralização efectiva é o que devia ser implementado já!

Está explicado!

Dezembro 16, 2009

A verdadeira razão pela qual o PS ganhou as eleições legislativas do passado Outubro é esta!

Devo dizer, sem qualquer falso moralismo, que não percebo tanto alarido por causa de um simples, ainda que generoso, decote. É bonito de se ver e o que é bonito, já lá dizia a minha avó, nunca fez mal às vistas!

No entanto, temo que um destes dias, com o politicamente correcto que por aí anda, os senhores que mandam na casa da República vão tentar impor um código de conduta para os trajes na assembleia. Um decreto lei que se chamaria algo como “Das boas regras de traje para os Deputados da Nação”. Sempre se via a rapaziada do BE e do PCP de gravatame!