Haircut…

A metrosexualidade, meus caros amigos e amigas, é uma coisa que me é completamente estranha. Arrepiam-me os pelos do nariz (sim que os tenho como todo o comum mortal) de cada vez que imagino um gajo sentado na marquesa (ou condessa) da esteticista com cera quente na peitaça, prontinho a acabar com o macho latino que todos temos dentro de nós.

Não que seja particularmente adepto do pelame. Nada disso… de cada vez que tenho de fazer a barba rogo pragas ao tipo que achou que pelos nas bentas faziam alguma falta ao macho. Mas sendo um gajo que foi presentado nos genes por pelo no peito, perna e coisa e tal, resigno-me a essa condição. No entanto, há um lugar onde qualquer macho que se preze (mesmo o macho metrosexual) quer ter pelo em abundância, a cabeça! Quando o pelo aí começa a ceder, começam as preocupações em comprar o Z4, o MX5, o kerastase ou alguma coisa que chame a atenção para tudo, menos para a ausência crescente de cabelo.

Pois bem. Toda esta letra para vos anunciar que eu começo a ficar preocupado. Não ao ponto de me dirigir ao stand da BMW, mas preocupado. Até porque ontem quando cheguei a casa, depois de um corte de cabelo radical, o Bilhas, the Kid olhou para mim como se eu fosse um estranho. Fez uma cara do género quem-é-este-sacana-que-está-a-usar-os-óculos-do-pai-bilhas! E gajo que é gajo gosta de ser reconhecido pelo próprio filho, certo!?

Vai daí vou ali à farmácia comprar o tratamento anti-queda e pelo caminho passo pela advogada para ver como é que posso processar a cabeleireira que quase me rapava a trunfa!

PS: Coiote… preciso dos teus contactos! O número de telefone de uma “hairstylist” à maneira que fique a modos que perto daqui do escritório. E nem sequer precisa de andar com objectos estranhos na mala do carro, ok? 😉

Anúncios

3 Respostas to “Haircut…”

  1. Marco "Coite" Oliveira Says:

    Olha que os ditos “objectos estranhos” são um novo maravilhoso mundo…

    Tenho muita pena, mas tenho que te informar que não conheço nenhuma “hairstylist” perto do teu escritório. Acrescento ainda, que acabei de arrumar no armário a farda de trabalho de pequeno artista!

    Já recebi os papeis “definitivos” da segurança social a dizer que estou reformado.

    Abraço do teu amigo do coração,

    Marco “Coite” Oliveira.

  2. Carlos Azevedo Says:

    Isso da farda arrumada no armário e dos papeis definitivos da segurança social é bonito. Mesmo.

  3. Bilhas O Bom da Fita Says:

    🙂 é um momento histórico, Carlos! Bonito é certo, mas histórico!

    Coiote,

    Estou notificado que passaste à condição de reformado e vai daí convido-te desde já para a sueca semanal na tasca do joaquim! Se não quiseres sueca, sempre pode ser dinamarquesa! 🙂 Brincadeira… vai uma cafézada? Também para ti Carlos… vai?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: