Excelente o fim de semana… excelente!

Hoje estou cansado. Normalmente é algo que me irrita. Começar a semana cansado não é um bom prenúncio e faz com que a semana demore horrores a passar. Mas esta semana não me sinto cansado e com telha de segunda-feira, nada disso! Sinto-me cansado, mas alegre e bem disposto (blame it on the sun), o que per si é uma excelente forma de começar a semana.

Mas aos factos para perceberem melhor esta excelente disposição. Começamos com uma sexta-feira dura. Só cheguei a casa à meia-noite, mas pronto chegar a casa compensa, mesmo que tenha a Mrs. Bilhas e o catraio nas mãos de Morfeu.

Acordamos no sábado com a elevada expectativa da primeira aula de natação para bebés do Bilhas, The Kid. Siga para a piscina a rezar para que o catraio não adormeça na viagem até lá. Aí chegados era a confusão generalizada. Uma pessoa a atender uma enchente de gente, mortinha por se atirar para a piscina, e de miúdos ávidos pela aula matinal. Eu e a Mrs. Bilhas até ficamos meio incrédulos com a situação. Demorou um pouco, mas lá nos deixaram entrar (aos três), mas chegados ao túnel de acesso à piscina somos informados que apenas um de nós poderá entrar na piscina a acompanhar o Bilhas, The Kid. Podiam ter avisado antes… melhor podiam criar uma sala, um local qualquer para que os pais possam assistir às aulas, mas pronto. Calhou-me a mim a sorte de levar o catraio para a piscina. Entramos e começou a festa. Ao ver montes de gente, barulho e sei lá mais o quê o puto desata num choro que só visto. Até tive de tapar os músculos, porque aquelas mães todas olharam-nos de tal forma que nem vos digo. Eu sei que eramos os dos exemplares machos mais bonitos da sala, caragos! Mas não havia necessidade de ficarem a babar. A piscina até transbordava. Chegados à aula, apresentados ao professor e ouvidas as recomendações foi hora de “saltar” para a água. Uns pequenos choritos aqui e ali, mas o catraio gosta mesmo de água… não gosta muito é da confusão (como o entendo) e estivemos mais de meia hora ali na água a curtir. Quem nunca foi com os flhos para a água, deve fazê-lo o mais depressa possível. É excelente a experiência. (a Mrs. Bilhas ficou à seca cá fora. Lembrem-se que não é coisa que se possa fazer muitas vezes às gajas… elas tendem a ficar pirrentas com a espera.) Eu e o Bilhas, The Kid curtimos à brava!

De tarde a festa dos amigos Rui e Vasquinho Pestanas. Criançada por todo lado, troca de cromos dos pais sobre os primeiros passos, a alimentação, controle de peso, conversas de bons amigos, parabéns (o Bilhas, The Kid chora quando se apagam as velas. O sacana ainda dá em incendiário ou o catano!), um bom caldo verde e casa que o puto está a ficar pirrento e precisa de dormir. O resto da noite não conto que é privado e pronto!

No dia seguinte começamos mal. Canos entupidos, pátio inundado e a família à espera do almoço. Valeu-nos S. Sogro e a sua capacidade de resolver problemas bicudos que com um martelo partiu a canalização e tratou do assunto de uma vez por todas. Nota: lembrar de arranjar um T de visita para consertar a canalização e de falar com o condomínio para consertar o estrado.

Almoço maneiro de família, conversa e risota com o Bilhas, The Kid (o sacana consegue por uma sala cheia de adultos a bater palmas ao ritmo de uma canção qualquer para putos) e depois saída para a casa da Música para ouvir o concerto de Comemoração dos 250 anos da morte de Haydn pela Orquestra Nacional do Porto dirigida pela Maestrina Joana Carneiro (fiquei completamente fã da senhora… uma performance brilhante a todos os níveis). Um excelente programa de fim de tarde que devemos agradecer ao Armando. Óptima escolha como sempre, caro amigo.

E para acabar em grande, francesinha na Duvália regada a loiras com direito a conversa séria entre as opções eleitorais do Carlos e o estado da nação e, ainda mais séria, sobre a edição deste mês da Playboy nacional. Conclusão da conversa: os peitos da Ana Malhoa estão como o país, sem harmonia e desproporcionados, mas ainda assim há países/peitos piores. Se a coisa não melhorar nos próximos anos o país perde seis mentes brilhantes e juntamo-nos à causa da imigração.

Ir buscar o Bilhas, The Kid a casa da sogra e sofá para acabar em beleza o fim de semana.

E pronto… só podia ficar bem disposto, não é?

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: