Sorte

Sou um gajo sortudo. É um facto e há que assumir os factos. Trabalho naquilo que gosto, tenho boa saúde (se bem que ando aqui meio embrulhado no estômago), tenho bons amigos, uma família invejada pelos Bellamy e pelos Simpsons (da última vez que vi, até os Obama invejavam a minha família), nasci com todas as capacidades e mais algumas, etc e tal que agora não me apetece enumerar aqui todos os aspectos em que eu acho que fui bafejado pela sorte. Sou sortudo é certo, mas também faço por isso. Não estou aqui sentadinho à sombra da bananeira à espera que as oportunidades apareçam, que alguém faça o meu trabalho por mim, ou que o deus da sorte vá actualizando os meus conhecimentos e capacidades laborais. Dou-lhe forte, não vá ser ultrapassado por uma sorte (ou azar) alheia à minha, não é?

Mais sortudo fui há uns anos atrás. Na altura, para os mais recentes nestas coisas da internet, havia uma bela ferramenta de comunicação online (umas palavras mais bonitas para ferramenta de engate) chamada ICQ (lê-se I Seek You) que permitia procurar e adicionar amigos, amigas, futuros amigos e futuras amigas e, também, (ainda que sem saber) futura mulher!

É verdade. Eu e a Mrs. Bilhas somos um casal reunido pelo santo padroeiro da Internet. Aconteceu há alguns anos, numa noite qualquer em que o rapazote aqui teve a feliz ideia de adicionar aos contactos a Missanga (lá está mais um facto sobre a minha sorte) e de ter conseguido despertar-lhe algum interesse (isto é coisa que ainda está por explicar) para uns tempos em conversas cibernéticas que acabaram, como outras tantas, num casual encontro para café.

Aquele click no adicionar terá sido o maior golpe de sorte da minha vida. E hoje, que a minha princesa completa mais uma primavera, tenho uma vontade imensa de lhe agradecer tudo o que me tem dado nos últimos anos, mas como teria que criar um blog só para isso, penso que é melhor agradecer-lhe apenas o click com que ela me autorizou a entrar na vida dela (mal ela sabia…).

Um beijo enorme de parabéns, Mrs. Bilhas! Amo-te!

Anúncios

5 Respostas to “Sorte”

  1. Patricia Lousinha Says:

    É tão lindo! Parabéns, S., muitos e muitos! 😀

  2. Missanga Says:

    O coração, se pudesse pensar, pararia.

  3. António Says:

    Como eu te entendo… conheci a minha mulher pelo messenger! Mais propriamente, ela adicionou-me através do meu nick que deixei num serviço chamado match.com, começámos a nos “falar” cada vez mais assiduamente e… bem, hoje estamos casados! Ela é a Lourencinha, e é por causa dela que vejo o Bilhas.

    O click decisivo… bem, esse não foi meu! Foi ela que me adicionou, foi ela que me apagou quando soube que eu era comprometido, mas (no maior rasgo de sorte da minha vida) não me bloqueou. Ora, uns tempos mais tarde, recomeçámos a nos “falar”, conhecemo-nos pessoalmente, eu separei-me, e o resto…

    Parabéns atrasados para a Srª Bilhas e muitas felicidades.

    Realmente, há clicks de sorte!

  4. a cunhada Says:

    É so amor!!! 🙂 lol

  5. sidney Says:

    eu estou sofrendo de amor e sempre que marcamos pra sair nao da certo
    nao sei porque eu fico esperando uma pessoa apara sair acaba desistindo
    para sair

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: