O amor perfeito

Se há coisa que nenhum adepto de um outro clube conseguirá alguma vez perceber é a empatia que tem o povo do Glorioso com um dos seus meninos queridos, o Pedro Mantorras.

Não o perceberão apenas porque não percebem o que é gostar do Benfica, porque não percebem o que é ser benfiquista e pronto. Reparem que não estou a diminuir em nada os adeptos dos outros clubes. Antes pelo contrário. Eu também não percebo os amores que os adeptos do Porto e Sporting têm pelos seus ídolos e nem quero perceber, não é? Se o soubessem eu acredito que não gozavam tanto com um rapaz como ele.

Se algum dia o meu filho me perguntar porque é que eu sou do Benfica eu vou-lhe mostrar um vídeo do estádio a bater palmas quando o Mantorras sai para o aquecimento e explicar-lhe um pouco a história do rapaz no Benfica e logo a seguir digo-lhe que toda aquela gente gosta dele apenas por um motivo: é um de nós!

Anúncios

Uma resposta to “O amor perfeito”

  1. Bezierk Says:

    Isso tem qualquer coisa a ver com papoilas saltitantes, não é?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: