Where the fuck are my vacations?

A sensação é sempre a mesma. Podem ser três dias ou três semanas ou, ainda, as míticas 9 semanas e meia, mas parecem sempre curtas. Melhor. São mesmo sempre curtas. Passam a correr tipo TGV em dia de deitar abaixo mais um recorde de velocidade. Vai daí eu quase nunca dou por elas. Desde que iniciei a vida laboral (malditos pá… isso faz-se? Pôr um gajo como eu a trabalhar) que é sempre assim. Chegam as férias e, quando apanham um gajo desprevenido, vão-se embora de novo.

Este ano não houve qualquer diferença. Quer dizer… se pensar bem até houve uma: passaram ainda mais depressa! É que um ganapo como o Bilhas, The Kid por perto faz com que as horas e os dias se passem a correr. Ainda ontem o rapagola nasceu, eu tinha 35 anos e hoje já tenho mais um ano e o rapagola quase três meses e mais do que o dobro do peso. 🙂 Os dias de férias com ele e com a Mrs. Bilhas passam com a pressa do TGV e eu queria mais dias de férias com eles, ou então um europamilhões para poder ter os dias de férias que muito bem entendesse!

Como não posso resta-me voltar ao trabalho, à companhia dos amigos e colegas de trabalho, às voltas com o Bilhasmóbil e à vida de sempre. Não queremos que o rapagola pense que o pai é um calaceiro, não é? E afinal temos sempre o resto do dia…

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: