São pérolas, senhor!

“Reparainde” num daqueles momentos em que a realidade dá uma cabazada enorme à ficção:

O indivíduo que baleou os vizinhos por acreditar que um deles, homossexual, estaria a sodomizar o seu gato, não conseguiu justificar, no Tribunal de São João Novo, a razão dos seus actos desculpando-se com “uma fúria” que sentiu.

“Não sei o que me deu, cismei para ali”, foi a explicação de José C., de 54 anos, perante as questões do juiz que tentava perceber a relação entre a sexualidade de uma das vítimas e o motivo dos disparos que terão atingido, acidentalmente, uma vizinha.

José C., acusado de dois crimes de homicídio qualificado na forma tentada, terá disparado sobre o vizinho, que havia resgatado o animal que tinha fugido, porque “o p… estava a fazer mal ao meu gato”, relatou o arguido.

Podem encontrar a restante notícia na edição online do JN que costuma ser profícuo em notícias que nem ao diabo lembra, mas este pequeno excerto é suficiente para umas gargalhadas valentes. Quer dizer… com todo o respeito pela coitada da vizinha e do vizinho homosexual que não devem ter ganho para o susto!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: