May the force be with you…

Morreu Albert Hofmann, o homem que descobriu a LSD por acaso

O químico suíço Albert Hofmann, que descobriu a droga alucinogénea LSD, morreu hoje, com 102 anos, na sua casa em Basileia, vítima de ataque cardíaco. “Inquieto e enjoado”, foi assim que Albert descreveu o seu estado depois consumir este estupefaciente que encontrou, por acaso, em 1938, quando fazia uma investigação sobre os usos médicos dos fungos.
Nascido a 11 de Janeiro de 1905, Albert teve o primeiro contacto com a LSD em laboratório, quando uma pinga da droga lhe caiu na mão. “Fiquei num estado de sonolência, a luz incomodava-me e vi uma corrente contínua de imagens fantásticas, formas extraordinárias e com cores intensas, próprias de um caleidoscópio. A sensação desapareceu passadas duas horas”, descreveu o químico, em 2006, numa conferência comemorativa dos seus cem anos, citado pelo diário espanhol “El Mundo”.

No Público de hoje.

Ficava bem à rapaziada de Sessenta fazer uma homenagem a este verdadeiro ícone para as suas vidas. Sem ele não teria havido Woodstock, não teriam sido produzidas algumas das obras de arte, músicas, etc que mudaram a cultura ocidental, bem ou mal, para sempre!

Albert, rapaz… que a força esteja contigo. Um grande bem haja!

[actualizado]

Ficou apenas a faltar aqui uma boa música para o Albert, não acham?

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: