1000

fireworks

Podiam ser 1000 palavras, 1000 risadas, 1000 indignações, 1000 surpresas, 1000 situações, 1000 vizinhos chatos, 1000 empregadas com instintos destrutivos, 1000 palermices, 1000 erros de português, 1000 bons momentos, 1000 (quem dera) vitórias do glorioso, 1000 paixões (mas é só uma), 1000 tags, 1000 duetos, 1000 caminhos, 1000 livros, 1000 petições, 1000 marabilhas (que ainda não acabei), 1000 mitos, 1000 paneleirices (ainda bem que não são), 1000 tentativas de séries, 1000 acessos de raiva, 1000 viagens, 1000 almoços, podiam ser 1000 amigos… mas não são… são tão somente

1000 posts!

Ahhhhh pois é barnabé! Hoje estamos em comemoração na Bilhalândia! Vocês nem imaginam o engraçado que foi ler o post um (ele há gajos mesmo impreparados para abrir blogs e sem qualquer vergonha… enfim!), o dois o três e por aí adiante! Ri-me de mim mesmo à fartazana. Sim porque eu gosto de rir de mim mesmo… coloca as coisas numa perspectiva engraçada e faz bem à pele. Mas como é que podia deixar de rir com isto, isto ou, ainda, isto!

Claro que não foi só rir… são quatro anos (quase) de bons, menos bons e maus momentos. Felizmente os primeiros ganham aos pontos, mas confesso que em algumas das leituras de hoje cheguei a ficar como o Sócrates a entregar computadores aqui há atrasado! Emocionei-me e não fora a desculpa do cisco no olho tava tramado para explicar aqui à rapaziada que estava a ler o blog em vez de acabar o trabalho.

Confesso que em 2004, em Junho mais precisamente, quando criei o bilhas na antiguinha casa depois de uma noite de copos e conversa com a Rititi sobre blogs (sim… a minha musa inspiradora… a gaja mais gaja da blogosfera é a grande responsável por ter criado o bilhas… Rititas… estás tramada. Vais ter uma multidão a protestar à porta de casa) estava longe de pensar que me daria tanto prazer ter este blog. Longe de pensar que conheceria, pessoal ou virtualmente, tanta gente boa através dele. Longe de pensar que uma pessoa sequer se desse ao trabalho de ler os meus disparates (eu sei que é dose… eu sei). Longe de pensar que quase quatro anos depois ele ainda existiria e já teria 1000 posts!

Dassssss… demoraste quase quatro anos a escrever 1000 posts! Seu calaceiro, pá!

PS: a todos os que leram pelo menos um dos 1000 um sincero obrigado e desculpem lá por qualquer trauma ou coisa pior que vos possa ter causado, ok?

Anúncios

3 Respostas to “1000”

  1. Mirian Martin Says:

    Parabéns pelo milésimo post!!!
    Diverti-me com o post da Rosa! O sofá com as perninhas realmente é divertido. Já arranjou outro? Senão, arranjo outro, se conseguir, e mando-lhe em final de abril.

  2. Miss Detective Says:

    oh yeahhh you did it!

  3. nandokas Says:

    Olá bilhas,
    Como não venho aqui todos os dias [e, acredita, isto não tem nada a ver com o facto de seres ‘águia’ – também tinhas de ter algum ‘defeito’, certo?], este comentário vai fora de tempo.
    Mas, mesmo assim, quero dizer-te:
    – Parabéns!
    [… e já estás na corrida para os 10.000 posts, ok?]
    Abraço

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: