Competências profissionais no Brasil

Fui levado pelo Pedro Aniceto a este fabuloso site do Ministério do Trabalho e Emprego do Brasil e concretamente ao ponto onde são abordadas as competências pessoais dos profissionais do sexo. Vejam lá se não é uma delícia. Esta rapaziada no Brasil está a ficar muito organizadinha, caragos!

Sobre as competências pessoais que deve ter a rapaziada que faz vida profissional à conta das partes pudibundas apraz-me dizer o seguinte (a seguir a cada uma das competências o respectivo comentário):

1. Demonstrar capacidade de persuasão (Marco… esta é private joke… nunca usar expressões como “Estado Novo? Aqui não, filho… aqui é tudo velho!” enquanto mostra a ausência da prótese dental!)

2. Demonstrar capacidade de expressão gestual (e linguística, digo eu)

3. Demonstrar capacidade de realizar fantasias eróticas (esta é das óbvias. Então que se está à espera de alguém que faz do sexo a sua actividade profissional? Haverá formação profissional para isto?)

4. Agir com honestidade (ora aí está! Um bom princípio até nestes casos! Nada de publicar no relax do JN que se é muito gostosa e tal e coisa e depois vai a ver e mais parece um canhão de navarone…)

5. Demonstrar paciência (considerando o que imagino ser alguma da clientela esta deve ser a competência mais importante de todas…)

6. Planejar o futuro (para quando a pele ficar flácida… ou para quando nem o comprimido azul funcionar no caso masculino, não é? Mas olha que há rapaziada a gostar de tudo, caragos…)

7. Prestar solidariedade aos companheiros (não insultar a parceira de rua só porque lhe roubou o cliente que conduzia o Mercedes… lembre-se sempre que se pode tratar de um serial killer…)

8. Ouvir atentamente (saber ouvir) (nunca se sabe quando ficam a saber de um importante segredo político ou industrial que as possa tirar da vida…)

9. Demonstrar capacidade lúdica (Ai cum catano! É sempre preciso saber quais os jogos mais em voga, não é? Não vá ser surpreendido(a) com algum mais kinky…)

10. Respeitar o silêncio do cliente (Eu diria mais… não interromper a concentração do moço(a) antes do acto… pode ter consequências gravosas…)

11. Demonstrar capacidade de comunicação em língua estrangeira (E capacidade de comunicação com a língua tão somente!)

12. Demonstrar ética profissional (Ora pois então… se é para ser a sério, é preciso ter ética! Nada de dizer que são 100€ e depois cobrar 300€, ok?)

13. Manter sigilo profissional (este é incompatível com o número 8. Se calha de ouvir algo que é preciso contar ao mundo? Como é que fica?)

14. Respeitar código de não cortejar companheiros de colegas de trabalho (há um código para isto? Só se aplica a esta profissão? Não é coisa que faz parte da boa educação, caragos? Não dizia o livro sagrado “Não cobiçarás a Mulher do próximo”? Mesmo que o próximo esteja um pouco longe…)

15. Proporcionar prazer (LOL ó valhamedeus… mas ó Santinhos… não é esse o verdadeiro objectivo da coisa? Não seria preciso colocá-lo como uma competência, mas sim como uma exigência para obter carteira profissional, carago!)

16. Cuidar da higiene pessoal (como diria a sogra Bilhas “Lógico Evidente!”)

17. Conquistar o cliente (confesso que não percebo esta competência… conquistar para o moço(a) voltar lá? Para ficar apaixonado? Para que raio é preciso conquistar o cliente?)

18. Demonstrar sensualidade (e ponto final!)

Anúncios

Uma resposta to “Competências profissionais no Brasil”

  1. Mirian Martin Says:

    E não é que ele colocou aqui? E com comentários? 🙂
    Mas ainda estou devendo as fotos de Fortaleza.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: