Quim Boio e outros transportes públicos

Um aviso prévio impõe-se a este post: eu não tenho nada contra quem usa os transportes públicos todos os dias, aliás acho que deviam ser cada vez mais, ok? E a sua atitude é mais do que meritória e de louvar a todos os níveis!

Avisados que estão os meninos e meninas que me lêem vamos então ao post:

Ontem tive que me deslocar a Lisboa. Uma viagem relâmpago para uma reunião importante numa instituição que fica em Xabregas (gosto muito de Xabregas… do nome… é lindo. “Onde moras? Em Xabregas!” Lindo!) e, vai daí, resolvi poupar uns cobres ao boss e deslocar-me nessa maravilha portuguesa que é o Alfa Pendular. Maravilha porque permite chegar a Lisboa em 2 horas e 45 minutos (mais ou menos), tem ligação com o Metro se sairmos na Estação do Oriente, é confortável, bem equipado e fica consideravelmente mais barato do que ir de carro (com portagens e gasóleo). Enfim um primor de meio de transporte, não é?

No entanto, esta maravilha também tem o seu lado negro. Primeiro uma coisa que me baralhou um bocado. A minha amiga CP (passei anos a fio a andar de Comboio) resolveu alterar o sistema de bilhetes de ida e volta e agora é necessário saber qual o comboio exacto no qual vou voltar, para poder comprar o dito bilhete a um preço mais reduzido. Ó CP, amiga, como queres que saiba quanto tempo vou estar reunido? Se apanho um táxi rapidinho e tudo e tudo para poder marcar viagem de volta no Alfa das cinco? Não pode, pá! Assim não é possível! Um outro problema prende-se com os atrasos… ontem quase que não via os dois golos que o Benfica (quase miraculosamente) marcou ao Nuremberga (Camacho… ainda vamos ter que ter uma conversinha… tu, eu e o meu cardiologista!). Mas enfim… a coisa até passava! No entanto, não há pachorra para me fazer correr a apanhar um comboio para Oriente (o Alfa das seis só passa lá porque vem do Algarve) e depois verificar que o comboio está com um atraso de 20 minutos!!!!!!!

Tudo isto a juntar a um taxista que ficou fulo da vida por causa de lhe ter pedido um recibo (para a deslocação de Santa Apolónia a Xabregas) e quase que me espeta com o troco nas bentas, enquanto derramava uma porrada de “foda-se… porque caralho fui eu para Santa Apolónia, puta que pariu…” e à falta de informação que existe nas paragens dos autocarros da Carris, faz-me pensar da seguinte forma egoísta… é favor andar tudo de transportes públicos e deixar a estrada para mim e para o Bilhasmóbil! A malta agradece, sai a que horas lhe apetece, pode parar e mijar numa casa de banho que não se mexe como a do Alfa e ainda por cima não tem que aturar o camarada do lado a dormir no nosso ombro ou a ler a nossa revista!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: