Dia do e-mílio

Mais uma tentativa de série. Desta vez a ver se levo a coisa direitinha, mas não prometo nada, como é óbvio. Vou postar aqui algumas das preciosidades que me chegam ao e-mail todos os dias e que normalmente vão para uma pastinha do outlook chamada pornoxaxada (não se assustem que eu sei que o Bilhas é apenas para maiores de 12, ok?) e só são lidas quando sobre algum tempo dos carregamentos habituais das botijas.

Começamos então com uma anedota. Estúpida, mas fez-me rir e lembrar-me desta coisa do dia do e-mílio. Aqui vai:

A  professora estava a ensinar aos seus alunos a diferença entre Verso e Prosa:
– Verso é tudo aquilo que rima e prosa não tem rima. Por exemplo:

Atirei um limão à água,
de pesado foi ao fundo,
os peixinhos responderam:
viva El-Rei D. Pedro Segundo.

– Rimou, então é verso. Luizinho, dá-me um exemplo de prosa.

– A batatinha quando nasce fica espalhada pelo chão, menina quando dorme põe a mão na cabeça.

– Muito bem, não rimou, então é prosa. – Diz a professora. De seguida a professora pede a Joãozinho para recitar um verso.

– Joãozinho é a tua vez, recita um verso.
Eu tenho uma professora,
que se chama Marilu,
ela tem muito cabelo
no…

– A senhora professora quer que eu termine em prosa ou em verso?
E a professora desesperada diz:

– Em prosa. Em prosa.

E Joãozinho completa:

– Na rata

Reles… mas pronto o nonsense fez-me rir!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: