Nada mais podias fazer

Não há nada que não tenhas feito, Pai. Tu e a mãe sempre foram extraordinários no apoio, no auxílio, na disponibilidade, em tudo.

Não mereciam sequer ouvir uma palavra que fosse sobre esse assunto. Mas a vida parece que é assim. Falta-lhes memória. A nós nunca faltará nem a memória, nem a dignidade e a consciência tranquila. Tenho a certeza que eu e os manos vos saberemos compensar com todo o apoio e amor que vocês sempre mereceram.

Beijo grande!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: