Moscas destas não caiem na minha sopa, carago!

Ora pois parece que um senhor cheio de guito (digo eu) fez uma incrível doação ao convento beneditino de Singeverga, em Santo Tirso.

Parece tratar-se (se o Prof. Vitor Serrão diz que é… eu assino por baixo) um original de Tintoretto (não é o senhor que produzia os lápis de cor que utilizavam em pequenos na escola… é este senhor aqui) e que pertencia a um coleccionador privado que se deve ter fartado de olhar para ele e vai daí oferece-o aos monges (até me parece bem que quem produz um licor daqueles merece ser agraciado com boas prendas).

No entanto, não posso deixar de achar mal… então o senhor que fez esta doação não se lembrou do Bilhas a que propósito!? Eu que me porto tão bem, caragos? Não que eu goste especialmente de Tintoretto, mas sempre o podia trocar por Europas para depois comprar um de Rafael, carago… ou de El Greco que gosto mais…

É o que vos digo… moscas destas e a minha sopa, nem sequer andam por perto!

Anúncios

Uma resposta to “Moscas destas não caiem na minha sopa, carago!”

  1. carreira Says:

    também gostaria de se contemplado com uma «mosca» desse calibre.
    abraço,

    José Carreira

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: