Esse cabrão do João que não chega

Sexta fui ao teatro. Começa a ser uma boa tradição fazer programas fantásticos com estes amigos (obrigado Carlos por estares sempre alerta). Não fomos ver uma qualquer peça de teatro, fomos ver Stabat Mater de Antonio Tarantino. Passou a fazer parte do top 5 das melhores peças que eu alguma vez vi (e olhem que até já vi algumas, felizmente, muito boas).

MariaJoaoLuis_StabatMatter

Imagem: daqui.

A Maria João Luís, para mim uma completa surpresa (desculpe-me Maria João… mas habitua-me nas novelas), é a principal responsável. Não que o texto não seja magnífico, mas porque a sua interpretação é simplesmente assombrosa. Pegou num texto bom, mas complicado e fá-lo parecer o mais simples possível, com emoção e uma segurança fenomenal.

Adorei e não tenho “vinhos e petiscos escrito na testa”… o Coiote poderá ter, mas eu não!

“E esse filho da puta do João que não chega. Às dez dizia ele… cabrão! Tou sim, o João está? Não… acabou de sair… Pois não sua pipa de cholé! Saiu pois que não te aguenta o cheiro…”

PS: Podem encontrar o texto da peça aqui.

Anúncios

Uma resposta to “Esse cabrão do João que não chega”

  1. Marco "Coiote" Oliveira Says:

    Tenho muita pena de ter estado tão cansado na Sexta-Feira passada… tenho que arranjar maneira de ir ver outra vez!

    Ass: O rapaz dos “Vinhos e petiscos na testa”…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: