Sublime a chuva*

As coisas vulgares que há na vida
Não deixam saudades
Só as lembranças que doem
Ou fazem sorrir

Há gente que fica na história
da história da gente
e outras de quem nem o nome
lembramos ouvir

São emoções que dão vida
à saudade que trago
Aquelas que tive contigo
e acabei por perder

Há dias que marcam a alma
e a vida da gente
e aquele em que tu me deixaste
não posso esquecer

A chuva molhava-me o rosto
Gelado e cansado
As ruas que a cidade tinha
Já eu percorrera

Ai… meu choro de moça perdida
gritava à cidade
que o fogo do amor sob chuva
há instantes morrera

A chuva ouviu e calou
meu segredo à cidade
E eis que ela bate no vidro
Trazendo a saudade

Dizia-me em tempos um bom amigo que os melhores poemas se escreviam depois de grandes desgostos de amor. Não sei se o(a) autor(a) desta letra padecia de mal de amores, mas que proporcionou um excelente fado à Mariza, lá isso proporcionou. Para mim a melhor música do DVD na Torre de Belém.

* Publicado há pouco no Ante-et-post.

Anúncios

8 Respostas to “Sublime a chuva*”

  1. Carlos Azevedo Says:

    Já que estás nessa onda, deixo-te aqui um poema sublime, “Las Simples Cosas”, interpretado magistralmente pela Chavela Vargas (vou-te enviar a canção por e-mail).
    Abraço.

    LAS SIMPLES COSAS

    Uno se despide
    incensiblemente de pequeñas cosas
    lo mismo que un arbol
    que en tiempo de otoño se queda sin hojas
    al fin la tristeza es la muerte lenta de las simples cosas
    esas cosas simples que quedan doliendo en el corazón

    Uno vuelve siempre a los mismos sitios donde amo la vida
    y entonces comprende como estan de ausentes las cosas queridas
    por eso muchacha no partas ahora soñando el regreso
    que el amor es simple y a las cosas simples las debora el tiempo
    demorate a ti, en la luz solar de este medio dia
    donde encontraras con el pan al sol la mesa tendida
    por eso muchacha no partas ahora soñando el regreso
    que el amor es simple y a las cosas simples las debora el tiempo

    Uno vuelve siempre a los viejos sitios donde amo la vida…

  2. Li Says:

    Engraçado estava eu a ouvir esta musica qd abri o teu blog!!! de facto o fado e lindo demais!!! ja agora se o teu amigo nao ficar chateado depois manda-me a musica tb fiquei curiosa!!!

  3. Bilhas O Bom da Fita Says:

    Carlos… é sim senhora Fabulosa! A Chavela Vargas é magistral… não me farto de ver vídeos dela no tubes…

  4. Bilhas O Bom da Fita Says:

    LI… estavas a ouvir o fadinho? Só denota bom gosto caragos! 🙂 eu mando-te depois para o mail a musica da Chavela

  5. Carlos… Obrigado! « Bilhas, o Bom da Fita Says:

    […] Gostei… gostei muito. Não existe com vídeo, mas fica aqui a partilha da música que mencionaste no comentário. […]

  6. Carlos Azevedo Says:

    Não tens o que agradecer. A mocita de 80 e muitos anos é, de facto, fantástica!

  7. Li Says:

    olha la, eu sei que tenho bom gosto e tu tb sabes, eheheh! o que eu nao sabia era que eras um esquecido do caraças pah!!! estou a espera

  8. Li Says:

    A letra e a musica e de Jorge Fernando, que escrevu tb a letra do fado Buzios da fadista Ana Moura, mas prefiro de longe a Chuva da Mariza…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: