Archive for Janeiro, 2007

A montante do aborto

Janeiro 30, 2007

Não pensava escrever nada sobre este tema. Não por não ter posição sobre o assunto, mas apenas por questões meramente pessoais que para aqui não são chamadas. A minha resposta neste referendo, para que não fiquem dúvidas ao longo deste texto, é sim! Ou seja, à pergunta “Concorda com a despenalização da interrupção voluntária da gravidez, se realizada, por opção da mulher, nas primeiras 10 semanas, em estabelecimento de saúde legalmente autorizado?” eu respondo sim, mas confesso que ficarei atento nos anos vindouros aos factos que vão resultar desta alteração da lei.

Razão principal porque apoio o sim: porque não concordo que uma mulher seja penalizada, leia-se julgada, condenada e presa, depois de passar pela experiência traumática que é um aborto. E um aborto, mesmo no caso de o fazerem por motivos profissionais (sim… há pessoas que o fazem por motivos profissionais), ou económicos, é sempre uma experiência traumática. Não acredito que haja mulher que não o sinta assim. Ou a haver é certamente alguém com problemas de índole psicológica.

Mas então quais os motivos da minha redobrada atenção a este assunto daqui para a frente. É fácil de explicar. A atenção que eu acho que todos devemos continuar a dar a este assunto, relaciona-se directamente com a atenção que devia ter sido dada por todos nós depois do anterior referendo sobre este assunto. Pergunto eu: quais foram as medidas para combater o crescente número de abortos ilegais no país? Sabe-se realmente os motivos que levam as mulheres a fazer um aborto ilegal? Porque não se combatem esses problemas, evitando a montante o problema em discussão? Os responsáveis de todos os partidos e movimentos cívicos do lado do Não no anterior referendo, fizeram o quê para evitar a prepetuação do problema e realização de um novo referendo? E os que estiveram do lado do Sim fizeram, também, alguma coisa para melhorar as condições das mulheres e famílias em Portugal?

Será bom que se aprenda com os erros do passado e por isso espero que o Sim ganhe. No entanto, a regulamentação da lei que irá ser alterada depois do referendo (em caso de vitória do Sim), deverá sempre ter em conta a realização de uma consulta com um médico especialista, ou um psicólogo, de forma a que a mulher possa tomar aquilo a que Vital Moreira ontem chamou de decisão informada. Para além desta questão acho que a regulamentação da lei deveria prever a identificação da mulher, com a condição de se tratar de informação classificada e ao abrigo do segredo profissional que se exige na relação médico-paciente, para impedir que o aborto se transforme, como uma vez assisti numa reportagem, num método contraceptivo, ou seja, que a mesma mulher solicite vários pedidos de IVG durante a sua vida.

Apenas para finalizar apraz-me dizer que também eu sou um defensor da vida, da vida com dignidade e amor!

Anúncios

Cuidadinho…

Janeiro 30, 2007

 ninja.jpg

Imagem: daqui.

Ninja no Benfica… é apenas um aviso para os adversários que gostam de Karaté e artes marciais!

Take Care!

Para ganhar pedal para o fim de semana…

Janeiro 26, 2007

Ora vejam lá se conseguem ficar sentados na cadeira?

Conseguem?

Bom fim de semana!

Parabéns

Janeiro 25, 2007

À outra casa aqui do Bilhas 🙂 Hoje alcançou a bonita soma de 1.000.000 de visitas! Aqui estamos quase a chegar lá! 🙂 ehehehehehe Afinal já vamos em 2492… esperem 2493 pacientes internautas!

Exastasmentes Toni!

Janeiro 24, 2007

Ando mesmo numa de comediantes… e estes dois são brilhantes!

Esse perfil à base de fronha… é fenomenal! 🙂

Sem inspiração*

Janeiro 23, 2007

Estou desde que me lembrei da minha hora de postar, a procurar um tema engraçado e actual para falar sobre. O primeiro que me veio à cabeça foi o aborto (não relacionem este facto com a qualidade das minhas ideias, por favor), mas a Lilly fez o favor de publicar um dos melhores textos que eu alguma vez li sobre a campanha (até poderia dizer as campanhas) para o próximo referendo. Brilhante Lilly.

Um outro tema seria a vitória do Glorioso ontem (o Benfica, não o Atlético, ok). Mas a merda da transferência do Ricardo Rocha põe-me os nervos em franja só de ouvir a palavra Benfica. Realmente somos bestiais. Quando temos um jogador em forma, tratamos logo de despachar o gajo. Deve ser para dar hipóteses aos andrades e lagartos. Valha-me S. Mantorras!

Um outro tema seria o meu trabalho de investigação (que me ocupa os dias e noites), mas também neste caso seria inadequado escrever um post. A não ser que precisasse de vos colocar todos num estado de hipnose profundo, tal a seca que iriam apanhar.

Depois fui ao Público e li as notícias do Apito Dourado, da recuperação da economia (eheheheh LOL deve ser anedota), do reforço de relações que o Sócrates quer com a Argélia (quem disse que o gajo não era disso?), das esplandas dos bares a esvoaçar na Caparica, do PSP que atropelou o Nuno Flores dos Corvos e que não tinha carta, nem seguro, nem sei bem mais o quê e, por fim, a triste notícia do desaparecimento dos glaciares dos picos dos Alpes já em 2050. Boooooorrrrinnnnngggggggggg!!!

Nada de novo, tudo na mesma! Nada que inspire esta cabeça lavada com os melhores estrumes naturais.

Vai daí lembrei-me… e se eu “postasse” uma foto da boa da Scarllet?

Scarlett_Bilhas.jpg
Foto: de um sítio que eu já não me lembro, mas com todos e mais alguns direitos reservados, ok?

Parece-vos bem?

* Publicado ontem na outra casa… porque a falta de inspiração é mesmo tremenda!

Estou numa de humoristas

Janeiro 19, 2007

Mas dos bons. Fiquei impressionado (mesmo a contar) com o Ricardo Araújo Pereira a fazer dele próprio nesta entrevista à Judite de Sousa. Vão lá ao site da RTP e assistam, caso não tenham tido a sorte de o ver em directo. Brilhante!

Ricardo se não fosse uma grande heresia, fazia a proposta ao Benfica para te construir uma estátua ao lado da do Eusébio. (ok, ok… não fazia nada!)

Bruno… estamos contigo!

Janeiro 18, 2007

Actor sofre, não é rapaz? O que um gajo faz para conseguir carreira… bem te compreendo!

Amizades

Janeiro 15, 2007

Nem vos sei dizer o quanto é bom rever os bons e velhos amigos. O Zé (beleza cara… espero que tenhas tido uma viagem manera!), o Marcelo, o Peixoto (força Peixe… sabes que estamos cá para o que der e vier), a Susana, a Ticiana, o Zé e a Lena, o Ruca, o Magalhães (que já tem uma catraia de 9 anos… tamos velhos pá!), a Isabel e o Mocotó (grande Mocas… tás numa forma do caraças, man!) juntamente com dois excelentes amigos com quem estou mais vezes o João Nuno (o meu grande brother) e um outro irmão, o Coiote (Marco para a rapaziada de Espinho!).

Melhor mesmo só se tivessem aparecido no sábado à noite o Rocha, o Pickles (ouvi dizer que andas certinho, rapaz… ), o meu grande irmão Panchas, a Susana Enes, a Sofia, a Nitinha, o Jó, o Peninha, o Martins (mais novo… ehehehe), o Ferros, o outro Magalhães, o Tiago Cadete, o Xandinho, o Russo, o Migui, o Rola, eh pá… são tantos que até tenho medo de esquecer algum. Seria melhor se pudesses ter aparecido Pedro… tu e a guitarra!

Seria melhor ainda se a Mrs. Bilhas pudesse ter estado connosco… ouviste, linda… para a próxima não falhas!

Espinho continua a rular ao Sábado! Mesmo sem o tasco… Temos que organizar uma grande janta com esta gente toda, carago!

Bom fim de semana

Janeiro 12, 2007

Espero que tenham todos um excelente fim de semana. O do menino vai ser compras, estudos, compras e estudos e estudos e análise de dados.

Ok… a maior parte vai ser de análise de dados, mas não vale a pena estar a insistir na coisa, não é?

Mãeee….

Janeiro 10, 2007

Eu quero um destes…

iphone.jpg

Iphone da Apple… sempre a revolucionar, carago!

123… contacto!

Janeiro 9, 2007

Ou melhor dizendo… lentes de contacto! Só de pensar que o Leonardo já tinha pensado na coisa em 1508 até fico com pele de galinha. Foram anos e anos a levar com os benditos “caixa de óculos”, “vidrinhos”, “quatro olhos” entre muitos outros insultos às minhas benditas próteses e agora tenho a minha piquena vingança tecnológica. Sim, porque agora já se fazem lentes com correcção de astigmatismo e era só isso que o menino precisava.

Tungas que já não me pesa nada nas orelhas e no nariz!

PS: vocês já conhecem aquela do tipo que nasceu cegueta, mas em que o padrinho só dizia “abençoado narizinho e orelhinhas”, não conhecem?

Prescrições e coisas que tal…

Janeiro 5, 2007

Parece que a máquina fiscal do nosso país não está assim de tão boa saúde como nos queriam fazer crer. Recordo-me, vagamente, de ouvir alguns governantes (de todos os partidos que passaram pelos últimos governos) a vangloriarem-se das melhorias apresentadas na cobrança de impostos pelo Estado. Acho que todos se recordam, não é? No entanto, hoje no Público leio que “… Mais de 230 milhões de euros em impostos escaparam à malha da Direcção-Geral dos Impostos em 2005”. Ao que parece agravando a situação registada em 2004 onde ficaram por cobrar “apenas” 219 milhões de euros. Ou seja um crescimento de 5,6 por cento na incompetência da máquina fiscal, segundo a mesma fonte.

Ora pois bem… lá temos nós a verdadeira máquina fiscal do país. Ineficaz e incompetente numa tarefa que nos afecta a todos e que nós deveriamos exigir que fosse 100% eficaz e competente. Ora vejam apenas o que poderia ser feito com estes “trocos”.

Num anúncio recente e muito badalado da criação/inauguração/demonstração (não sei muito bem o que foi aquilo) do Museu Berardo, a Sr.ª Ministra da Cultura* anunciou pomposamente que a Colecção que o Comendador Berardo, muuuuiiiittttooooo generosamente, permitiu que ficasse em Portugal e para a qual o governo disponibilizou uma parte do Centro Cultural de Belém, tinha sido avaliada pela leiloeira britânica Christie’s em 316 milhões de euros (recordo que são 862 obras) e que este seria o preço (caso fosse aceite pelo generoso Comendador) que Portugal teria que pagar daqui a dez anos quando este acordo chegar ao seu termo, caso pretenda ficar com a colecção. A governante disse ainda que esta quantia daria para a construção de três Casas da Música e dois CCB.

Assim fica fácil perceber o que poderia ser feito se a máquina fiscal cumprisse o seu papel. Comecaríamos a amealhar dinheiro para comprar a colecção Berardo ou, na pior das hipóteses, poderíamos construir pelo menos mais um CCB e duas Casas da Música, no caso de não me falharem as contas feitas de cabeça (como o Eng.º Guterres).

Perdoai-lhes Senhor que eles andam perdidos… e ninguém os prescreve!

* que adormece em espectáculos de teatro muito interessantes ehehehe e eu vi, ninguém me contou!

Estado de espírito

Janeiro 4, 2007

Como diz a outra, hoje acordei assim…

saddog.jpg

Foto: algures aqui

Começar o ano em St. James Park com a melhor das companhias…

Janeiro 3, 2007

stjamespark.jpg

Foto: Bilhas.

Thank you, my dear. You are unique.